Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2014
Imagem
Justiça cega pune pescadores do Cumbe Triste história...  O poder econômico destruindo a natureza e as famílias do Sítio Cumbe. Recentemente, uma liminar expedida pela Juíza Ana Celina Monte Studart Gurgel Carneiro, da primeira vara de Aracati (CE) reintegra posseiro que constru iu sua fazenda de camarão sobre área de mangue (Área de Preservação Permanente), requisitando força policial para expulsá-los por estarem utilizando o manguezal para pescar e criar ostras (veja liminar abaixo, na sequência de fotos - cliquem e se abrirá na tela para melhor visualização). O que está errado nisso, pergunto? Se os pescadores tradicionalmente usuários desse recurso não podem utilizar os mangues para seu sustento e sobrevivência, sobrará apenas para empresários inescrupulosos o fazerem, respaldado pela leitura equivocada e inescrupulosa da justiça? Já não bastasse o trator do Novo Código Florestal, ameaçando a segurança e a soberania alimentar.  A pesca artesanal é responsável por mais de 70%
Imagem
ENERGIA EÓLICA DE LIMPA NÃO TEM NADA! Image  | Posted on  February 14, 2014  by  Terra e Paz As turbinas eólicas, que transformam os ventos em eletricidade, poderiam até salvar o mundo dos combustíveis fósseis se fosse pensada de maneira diferente. A forma como ela é gerada é limpa, mas a forma como ela vem sendo implantada de limpa não tem nada! Muitos parque eólicos estão sendo implantados no nordeste sem o consentimento das comunidades locais. As terras que são habitadas por gerações de nativos são leiloadas desapropriando os moradores. Esses parques quando implantados destroem dunas e secam lagoas. Nada é páreo para as grandes máquinas que planam dunas para a construção de estradas e soterram lagoas para instalação de concretos profundos para a fixação das torres. As dunas são filtradoras e armazenadoras das águas das chuvas e a destruição das mesmas pode interferir no lençol freático causando falta d’água para as futuras gerações. Os lagos secos arrasam com a vida da

Fotos da segunda ocupação dos pescadores/as do mangue do Cumbe, fora da área de manguezal que o empresário do camarão diz ser o dono - fevereiro de 2014

Imagem

REVOLTA E INJUSTIÇA CONTRA OS PESCADORES/AS DO MANGUE DO CUMBE...DECISÃO DA JUÍZA DA 1ª VARA DA COMARCA DO ARACATI ANA CELINA MONTE STUART GURGEL CARNEIRO EM BENEFÍCIO DO EMPRESÁRIO DO CAMARÃO CONTRA OS PESCADORES/AS DO MANGUE DO CUMBE - AGOSTO DE 2013

Imagem

IMAGENS DA ÁREA DE MANGUEZAL ABANDONADA PELA CARCINICULTURA DESDE 2004, OCUPADA PELOS PESCADORES/AS DO MANGUE DO CUMBE EM MARÇO DE 2013

Imagem

IMAGENS DA DESOCUPAÇÃO DOS PESCADORES/AS DO MANGUE DO CUMBE - AGOSTO DE 2013

Imagem

REVOLTA, INJUSTIÇA E INDIGNAÇÃO NO CUMBE/ARACATI

REVOLTA, INJUSTIÇA E INDIGNAÇÃO NO CUMBE/ARACATI Contra a Decisão da Juíza da 1ª Vara da Comarca do Aracati Ana Celina Monte Stuart Gurgel Carneiro , sobre a ordem de desocupação de uma área de manguezal, ocupada em agosto de 2013 pelos/as Pescadores/as do mangue do Cumbe.             Como é do conhecimento, de boa parte da população cearense, a luta dos pescadores/as do Ceará pela garantia e defesa do seu território tradicional, áreas de pesca, moradia e lazer não é de agora. Especialmente, a luta dos pescadores/as do mangue do Cumbe, contra as violações de direitos causadas pelos projetos de desenvolvimento econômico, como a carcinicultura e os parques de energia eólica, que invadem, privatizam e degradam o território coletivo e de uso comum.             Os pescadores/as do mangue do Cumbe, nos últimos anos do século XX e início do XXI, vêm sofrendo uma série de ameaças por conta de atividades implantadas na comunidade, as quais não respeitam a natureza e tão pouco