Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2020

Jornal "O Jaguaribe" de 10 de feveriro de 1898: Impressões de um passeio ao Cumbe

Imagem
Domingo 10 de Fevereiro de 1898 O JAGUARIBE Impressões de um passeio É um dia verdadeiramente feliz aquele que se passa longe do bulício das cidades completamente esquecido das lutas e das fadigas da véspera, tendo diante dos olhos o gigante espetáculo de uma esplendida e caprichosa natureza, que nos encanta a vista, e nos convida a fundas meditações. Tal foi o dia que nos proporcionou-nos o nosso amável amigo, o ativo e acreditado comerciante desta cidade, o Sr. Abel Francisco Lopes, convidando-nos para passarmos a noite do sábado e o dia de domingo no “Cumbe” no ameno e aprazível sítio de propriedade do seu velho e honrado pai o Sr. Antonio Francisco Lopes, o melhor e o mais bem cultivado que temos visto nestas paragens. E foi um dia verdadeiramente feliz, pois usando de uma palavra bíblica, feliz e cheia porque nada faltou-nos desde a boa e clássica água de coco verde até o proverbial champagne , desde a ótima merenda até a abundante mesa de campo, provida do

Bloco Karambolas do Cumbe 2020

Imagem
MARACATU MARACATY – LOA 2020  Salve esta casa Santa  Salve todas YABÁS  Salve o Rei  Salve a Rainha  Natureza é nosso lar  Salve o Povo daqui  Salve o Povo de lá  Ô Mãe África clamamos, Yá Yá.  Vem nos levantar  Rezo para desfazer  O óleo que derramou  A Floresta que tu queimou,o Orixá  Manda renascer  Louvação ao Lagamar  Pro Caraço tem valor  Dá o peixe, brota flor, Companheira.  É o bem viver!  Salve o nosso Jaguaribe  É do Cumbe a nutrição  Resistindo no teu mangue  O Quilombo quer demarcação!  Louvo as vermelhas falésias  Dos Estevão a valentia  Território lutador, ô Caboclo.  Brisa de alegria  Louvo a cidade maior  Majorlândia se chamou  Dança coco, areia em cor, Jangadeiro.  Arte do saber!  Louvo a Vila Rafael  Que na várzea se formou  Simplicidade luta, fé e coragem  Teu canto ecoou  Salve o Relicário vivo  Do Quilombo da Ubaranas  Povo negro forte avança, minhas irmãs